Arquivo da tag: Exposição

Helvécio Ratton homenageado com exposição no SESI Mariana-MG

A abertura contou a a presença do próprio diretor que esteve na cidade para o Cine Festival Inconfidentes 

Por Livia Ciccarini

Homenageado pelo Cine Festival Inconfidentes, o diretor mineiro Helvécio Ratton conferiu pessoalmente a abertura da exposição sobre suas produções cinematográficas que aconteceu antes da exibição do longa “Batismo de Sangue”, na sexta-feira, dia 5 de outubro. Além do diretor, os professores do curso de Jornalismo da UFOP Juçara Brittes e Adriano Medeiros participaram do evento.

Junto com o público, Ratton olhou atentamente fotografias e documentos de seus filmes. Objetos de diversas produções também foram cedidos pela produção dos longas para serem exibidos em Mariana, mostrando aspectos da realização de longas como “O Menino Maluquinho”, “Batismo de Sangue” e “Uma Onda no Ar”, todos exibidos no festival de cinema.

O historiador e mestrando Dalton Sanches, 33, conferiu a exposição ao lado do diretor e disse ter tido uma experiência proveitosa e agradável: “Não é sempre que temos a oportunidade de ver uma exposição ao lado do próprio homenageado. Ainda mais do Helvécio, que está inserido no circuito internacional de cinema. Além disso, a exposição retrata momentos importantes da história brasileira contada nos longas do diretor”, contou.

O professor Anderson Medeiros, 33, diretor de produção do Cine Festival Inconfidentes, vinculado ao curso de Jornalismo da UFOP, acredita que o evento é mais uma forma de desenvolver os laços com a população de Mariana, pela presença do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas na cidade: “É importante retribuir aquilo que a sociedade nos confiou com a construção do ICSA na cidade, em especial pelo fato do curso de Jornalismo estar aqui”, completou.

Após conferir a exposição Ratton assistiu com o público presente o longa “Batismo de Sangue”, participando, a seguir, de um debate. O Cine Festival Inconfidentes contou com a exibição de curtas e longas, palestras e oficinas, realizadas de 4 a 7 de outubro, no SESI Mariana-MG e no ICSA. O projeto é uma realização da UFOP e a apoiadores da cidade. Já a exposição sobre o trabalho de Ratton pode ser conferida até o dia 21 de outubro.

* A cobertura do Cine Festival Inconfidentes 2012 disponibilizada aqui é uma produção laboratorial dos alunos de Técnicas de Reportagem e Entrevista 2012/1. Ao reproduzir o conteúdo a autoria deverá ser citada.

Pulsando Quimeras: uma expressão da alma mineira

Por Daniela Gurgel Damasceno

Exposição "Pulsando quimeras" mostra o trabalho de Helvécio Ratton. / Foto: Paula Peçanha

A abertura da exposição “Pulsando quimeras, textualizando Helvécio Ratton” foi uma das principais atrações na segunda noite do Cine Festival Inconfidentes, no Teatro Sesi Mariana. A mostra faz um passeio pela história da carreira e obras do cineasta mineiro. Além de admirar a essência de seu trabalho, é possível apreciar um acervo de fotos, objetos e indumentárias que compuseram os cenários de seus filmes.

Na cerimônia de abertura, Ratton demonstrou a satisfação que sentiu em ser um dos homenageados do Festival: “É uma honra estar aqui nesta noite, mais do que uma homenagem é um estímulo para os filmes que ainda quero fazer”, declara.

Mineiro de alma e coração, Ratton reflete em suas obras grandes marcas desta expressão: “Minas está sempre presente em meus filmes, busco sempre retratar nossa alma mineira”. O cineasta revela que sempre teve o cinema como forma de expressão e acredita que a expressão é algo que potencializa o momento mágico de transformar a inspiração em imagens cinematográficas.

A abertura da exposição teve apresentação do Coral Tom Maior, sob a regência do maestro Adeuzi Batista Filho. Quarenta vozes embalaram o público com canções bem diversificadas. O maestro relata o orgulho do grupo em estar presente no Festival Inconfidentes pelo segundo ano consecutivo: “Festivais como este, valorizam a cultura local e quando se pensa em um evento com atrações diversificadas, há um envolvimento maior do público”, afirma o maestro.

SERVIÇO – A exposição “Pulsando quimeras, textualizando Helvécio Ratton”, estará em cartaz até o dia 21 de outubro, de 9h às 19h, na Galeria do Teatro Sesi Mariana. A entrada é gratuita.

Veja mais fotos do lançamento da exposição na página oficial do Festival no Facebook. Imagens de Paula Peçanha.

Trabalho de Helvécio Ratton em exposição na cidade de Mariana

Por Túlio Anjos Castro

Ratton (esq.) e Adriano Medeiros, coordenador geral do Inconfidentes. / Foto: Paula Peçanha.

Na noite desta sexta, 05, o Teatro Sesi Mariana recebeu o cineasta brasileiro Helvécio Ratton, homenageado do 3º Cine Festival Inconfidentes, para o lançamento da exposição “Pulsando Quimeras: textualizando Helvécio Ratton”, que traz imagens e documentos marcantes dos filmes do cineasta. A exposição ficará aberta até o dia 21.10, sempre das 9h às 19h.

A noite começou com a apresentação do Coral marianense Tom Maior, que mescla em seu repertório MPB e música clássica. Entre as executadas da noite, canções como “Vou deixar”, da banda mineira Skank, e “Vira-Virou”, música que fez sucesso nos anos 80 na voz de Kleiton e Kledir. Júnior Silva Santos, 18, que faz parte do coral, nos contou que este é o segundo ano em que eles se apresentam no festival e que é sempre bom participar de eventos como esse. Sobre o repertório para as apresentações, o jovem disse que todos os integrantes participam da escolha das músicas, o que faz com que haja uma variedade nos estilos.

Após a apresentação a exposição foi aberta ao publico. Helvécio Ratton se disse emocionado com homenagem do Festival Inconfidentes. Para ele a exposição é um incentivo para continuar o seu trabalho. A seguir, o cineasta esteve presente na exibição do filme “Batismo de Sangue”, lançado em 2007, filme baseado no livro homônimo de Frei Beto e que trata da ditadura militar nos anos 60. O longa teve algumas cenas gravadas no interior do Seminário de Mariana. O Festival Inconfidentes está exibindo outros longas de Helvécio Ratton. Confira aqui a programação completa.

* A cobertura do Cine Festival Inconfidentes 2012 disponibilizada aqui é uma produção laboratorial dos alunos de Técnicas de Reportagem e Entrevista 2012/1. Ao reproduzir o conteúdo a autoria deverá ser citada.