Arquivo da tag: edição de vídeo

Oficina de Edição de Vídeo agrada alunos

Thiago Huszar

Nesta terça (27) teve continuidade a Oficina de Edição de Vídeo ministrada por Thiago Caldeira e Fábio Seletti. No segundo e último dia da atividade os alunos ficaram livres para explorar o software e tiverem o auxílio dos palestrantes na produção de pequenos vídeos individuais.

Além de passar alguns truques da edição, na parte final do curso Caldeira explicou como exportar vídeos bem como os vários tipos de formatos nos quais o vídeo pode ser salvo.

Os alunos se mostraram muito satisfeitos com a oficina. Nada deixou a desejar, laboratório bem equipado e um profissional bem preparado garantiram a qualidade do curso.

Caldeira deixou claro que a oficina serve apenas para “despertar o interesse do aluno”, em um curso tão curto não dá conhecer a fundo o software e o que é edição. Porém é o primeiro passo para o aluno que se debruçar sobre os ensinamentos.

 

Apesar de breve oficina de edição de vídeo agrada

Por João Victor Câmara

A oficina de edição de vídeo, que fez parte da programação da Semana de Comunicação (Secom) da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e foi ministrada por Thiago Caldeiras e Fábio Seletti teve hoje o seu segundo e último dia. Os alunos puderam trazer fotos e vídeos de casa para serem editados com os conhecimentos adquiridos durante a oficina.

Os ministrantes Thiago Caldeiras e Fábio Seletti buscaram com essa oficina passar uma noção aos alunos sobre o programa Adobe Premiere, mostrando algumas funções básicas para que o aluno, como foi dito por Thiago Caldeiras: “possa perder o medo do programa que não é um bicho de sete cabeças como se diz por aí”.

Avaliação da oficina por ministrantes e alunos

Fábio Seletti avaliou o resultado da oficina como positivo, pois para ele, os estudantes que estavam presentes, até pelos vídeos produzidos entenderam o que ele e o Thiago Caldeiras tinham se proposto, passar aos alunos uma noção básica do programa. A aluna Daniella Andrade, do primeiro período de Comunicação Social da UFOP contou que gostou da oficina pois, segundo ela, nos dias de hoje edição de vídeo é um requisito fundamental para quem quer ser jornalista.

Reações variadas no primeiro dia de oficinas

Marcando o início da Semana de Estudos em Comunicação Social – Jornalismo (SECOM), a primeira aula de uma oficina de dois dias de Edição de Vídeo foi ministrada no laboratório de iMacs do Instituto de Ciências Sociais Aplicadas.

No primeiro dia, a oficina, a cargo do jornalista e técnico em audiovisual Thiago Caldera, durou cerca de três horas. Durante a atividade, os alunos tiveram contato com uma ferramenta muito utilizada em produções jornalísticas, o software Adobe Premiere, e puderam aprender os princípios do trabalho de edição audiovisual.

As respostas à oficina foram diversas. Nathália Souza Silva, 19, estudante de Jornalismo, diz que “esperava um pouco mais”, mas que também sua reação pode ter sido essa por nunca ter feito edições em audiovisual. “Eu não sei, mas eu fiquei entediada”, disse a estudante. Ela também comentou que, mesmo não se interessando pela área, o que aprendeu poderá ser muito útil caso seja necessário fazer alguma produção audiovisual para sua carreira profissional.

Já Dayane Barreto diz ter gostado do que aprendeu: “Achei muito interessante e sempre quis aprender a editar vídeos”, afirmou.

Texto: Pablo Bausujo

Oficina de edição de vídeo prende atenção dos alunos no 1º dia da Secom

Thiago Caldeiras, formado em jornalismo pela UFV e operador nos estudos de rádio e TV na UFOP, apresentou hoje pela manhã a primeira parte da oficina de edição de vídeo. Era nítida a expectativa dos alunos para a aula, que aconteceu em uma sala toda equipada com iMacs.

Caldeiras se apresentou e passou de início algumas instruções para os participantes, que logo ficaram visivelmente entretidos. A oficina, que durou a manhã toda, contou também com a participação do aluno Fábio Seletti, que tirou dúvidas e deu dicas sobre a edição. Ambos exibiram técnicas e efeitos acerca do assunto, fazendo da aula muito abrangente.

João Victor Câmara, do 2° período de Jornalismo, contou que espera aprender a lidar com vídeos com a experiência da oficina, pois é essa a área que deseja seguir. Completou dizendo que, apesar de só durar dois dias, o curso parece ser bem bacana.

Por vontade própria

No final da manhã, Caldeiras contou em uma breve entrevista que nunca trabalhou com algo desse tipo, mas que se voluntariou pois no futuro pretende atuar mais próximo ainda da área de operação em estúdios audiovisuais. E disse aproveitar também que esta oficina é uma novidade na Secom.

                                         

 

                                                                                                          Texto e foto: Thaís Corrêa